Conservação Internacional e Havaianas

© Alan Camargo

 

Nesse ano de 2019, a parceria entre a Conservação Internacional e as Havaianas completa sua primeira década. Os lançamentos de cada coleção geraram milhares de vendas, das quais 7% da arrecadação foram revertidas para projetos de conservação costeira marinha, principalmente na região dos Abrolhos, no Extremo Sul da Bahia, onde está a maior biodiversidade do Atlântico Sul.

A coleção atual conta com três novos modelos, com ilustrações de espécies marinhas carismáticas: o Boto cinza, a Tartaruga de couro e a Baleia jubarte. A Baleia jubarte viaja até as águas quentes do sul da Bahia para se reproduzir, entre os meses de junho a novembro.

A Conservação Internacional é uma organização brasileira sem fins lucrativos, que trabalha a proteção da natureza para e para o bem-estar humano. Parcerias, como essa com a Havaianas, ajudam a fortalecer e estimular esse trabalho. Veja na sequência as últimas coleções das sandálias.

 

Havaianas Modelo Baleia-jubarte
© Havaianas

Coleção 2018

Modelo Baleia-jubarte

Havaianas Modelo Boto-Cinza
© Havaianas

Coleção 2018

Modelo Boto-Cinza

Havaianas Modelo Tartaruga-de-couro
© Havaianas

Coleção 2018

Modelo Tartaruga-de-couro

 

 

Havaianas Modelo Cirurgião
© Havaianas

Coleção 2017

Modelo Cirurgião

Havaianas Modelo Marlin-azul
© Havaianas

Coleção 2017

Modelo Marlin-azul

Havaianas Modelo Tubarão-tigre
© Havaianas

Coleção 2017

Modelo Tubarão-tigre

 

Conservação Internacional e Havaianas juntas pela conservação marinha

​Para disseminar a importância dos ecossistemas marinhos para a vida humana e a subsistência de populações ao redor do globo, a CI-Brasil e a Havaianas estão lançando uma nova coleção de sandálias inspiradas no universo marinho da região dos Abrolhos, extremo sul da Bahia, área que abriga a maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul.

As coleções de Havaianas CI-Brasil são lançadas anualmente desde 2010 e trazem três modelos distintos, baseados na diversidade biológica encontrada em Abrolhos, que abriga uma grande quantidade de espécies típicas e únicas no mundo.

7% dos lucros obtidos com a venda de cada par de sandálias dessa coleção serão destinados para financiamento do trabalho de conservação marinha realizado em Abrolhos, que inclui a realização depesquisas científicas, apoio à criação e gestão de áreas marinhas protegidas, como parques e reservas extrativistas, e ações de desenvolvimento socioeconômico com as comunidades pesqueiras da região.