Proteger a natureza todos dependemos para comida, água fresca e meios de subsistência

Livros 'Guerreiros da Amazônia' são doados para alunos de Juruti

outubro 24, 2017

 

Mais de 1000 livros 'Guerreiros da Amazônia' são doados para alunos de Juruti



 

O Ronaldo Barcelos foi a Juruti, no Pará, de 25 a 27 de outubro, visitar escolas e conversar com professores e alunos sobre a obra "Amazon - Guerreiros da Amazônia". Foram doados mais de mais de 1000 livros para as bibliotecas das escolas da rede pública e privada.Ação conta com o apoio da Conservação Internacional (CI)

 

Essa é a terceira vez que o autor vai à cidade, que recebeu nos últimos 02 anos 700 livros da trilogia, que tem a missão de divertir e educar por meio da emoção. Através da temática de super-heróis, crianças e jovens são convocados para vestirem as armaduras sagradas que detêm os poderes dos animais e assim defenderem a Floresta Amazônica e os seus habitantes.

 

Em diversas regiões do Brasil, os livros estão sendo utilizados nas escolas para crianças entre 10 e 14 anos. Segundo os professores, diversos temas educacionais abordados na obra são convergentes com as matérias sobre clima, meio ambiente e florestas tropicais. 

 

Sobre a trilogia "Amazon-Guerreiros da Amazônia"

Na Floresta, uma cidade, um segredo. Das sombras surge uma ameaça, um homem terrível com seus capangas e robôs. Do Templo da Luz, um chamado. Três jovens, Armaduras Sagradas e uma missão tão importante quanto à vida. Está começando uma corrida contra o tempo para salvar a Floresta da devastação.

A obra ajuda também a mostrar e explicar de forma simples e objetiva a importância da floresta Amazônica para as crianças que vivem em grandes centros urbanos. Essas, que são a maioria, cresceram sem a conexão com a natureza. A história dos Guerreiros da Amazônia é uma sementinha de esperança para uma geração que definirá o futuro da Floresta e do seu povo nos próximos 15 anos.

 

Vencedor do "Oscar" da ecologia com o prêmio Hugo Werneck

Em 2013, a história dos "Guerreiros da Amazônia" recebeu o prêmio Hugo Werneck, considerado o "Oscar" da ecologia, que premia, anualmente, as melhores empresas, cases e instituições das mais diversas áreas que trabalham em prol do meio ambiente e da sustentabilidade.

O objetivo do prêmio é aproximar a sociedade da natureza, abraçar a economia verde e lutar pela diminuição da fome e da pobreza mundial.

 

Projeto Guerreiros da Amazônia de Juruti                                                

O projeto Amazon desenvolve ações educacionais e culturais para aproximar a floresta Amazônica ao coração dos leitores. As ações visam estimular o conhecimento sobre a vida amazônica e importância para a sustentabilidade do planeta. "A história dos Guerreiros da Amazônia é uma semente de esperança para reconexão com as nossas naturais origens", justifica o autor Ronaldo Barcelos.

Nesse contexto, o programa abre espaço para o protagonismo juvenil e o empoderamento desses jovens para que tenham subsídios e possam participar ativamente das tomadas de decisão de temas importantes para o município.

O projeto Guerreiros da Amazônia de Juruti iniciou as atividades em 2016 e deverá ser concluído em dezembro deste ano. Nesse período os adolescentes participaram de várias atividades e a principal delas, o Intercâmbio de Conhecimento, em que os jovens tiveram uma oficina de mídias focada no conhecimento básico do jornalismo bem como criação de blog, produção de reportagens e coberturas de eventos.

Ao fim das oficinas os participantes elaboram produtos midiáticos com os conhecimentos adquiridos. Por exemplo, no caso da oficina de mídias, os participantes elaboraram a concepção de um blog.

 

 Boas Práticas

As crianças e adolescentes que leram a obra e participam projeto se sentem inspiradas pela história e seus super-heróis. De acordo com os professores das escolas que receberam o livro, as crianças se identificam com os personagens do livro se reconhecem enquanto cidadãos inseridos dentro do contexto de conservação da natureza.

As boas práticas do livro seguem guiando os leitores que querem fazer a diferença no mundo, mudando a comunidade em que vivem e dentro de casa bem como a reutilização do lixo, economizar água. A obra transformou a forma de pensar dos jovens.

 

Apoio

O trabalho em Juruti é desenvolvido pela Conservação Internacional, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão e Instituto Juruti Sustentável, tendo como apoiadores a Alcoa, Alcoa Foundation e a Amazon, Guerreiros da Amazônia.

 

Números

Ao todo 630 livros já foram doados para Juruti, 180 de cada volume para as escolas municipais que soma um total de 540 livros.

90 (30 de cada volume) para o Colégio Pitágoras

 

***Crédito das Imagens: Guerreiros da Amazônia/Divulgação

 Contatos e mais informações: 

Priscila Steffen: (21) 2173-6389?


Contatos para imprensa

Priscila Steffen – Gerente Sênior de Comunicação
psteffen@conservation.org
Tel: +55-21-2173-6389 / +55-21-99032-5690