Intro Photo Large

Remove this module

Section Info

EditPhoto Title:Bacia do Paraguaçu
EditPhoto Description:
EditImage Url:/global/brasil/iniciativas-atuais/PublishingImages/Pages/bacia-do-paraguacu/Imagem2.jpg
EditImage Description:
EditPhoto Credit:© Rogêrio Mucugê
EditPhoto RenditionID Small:5[Optional]
EditPhoto RenditionID Webkit:6[Optional]
EditPhoto RenditionID Medium:7[Optional]
EditPhoto RenditionID Portrait:8[Optional]
EditPhoto RenditionID Large:9[Optional]

 

 

A caixa d’água da Bahia


A bacia do Rio Paraguaçu é responsável pelo abastecimento de 60% da população da Região Metropolitana de Salvador, que atualmente é a terceira maior cidade do Brasil. Na região da Bacia do Paraguaçu, a expansão da agricultura irrigada e o crescimento urbano desordenado nas cabeceiras do Rio Paraguaçu têm sido grandes ameaças à disponibilidade de água limpa e em abundância na região. Erosão das margens, assoreamento dos leitos e poluição das águas são graves consequências desse processo e podem ameaçar a segurança do abastecimento de milhões de pessoas no futuro próximo, se nada for feito.

 

Alterando o curso dessa história


A região da Bacia do Paraguaçu está localizada na preciosa confluência de três biomas - Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga - mas sua capacidade de provisão de serviços ecossistêmicos tem sido deteriorada em função de modelos agrícolas insustentáveis e da ausência de planejamento territorial adequado.


A CI-Brasil acredita que é possível conciliar a necessária produção de alimentos com a conservação de uma paisagem saudável para o benefício de todos. Ao trabalhar em parcerias estratégicas com produtores rurais e governos locais, a CI-Brasil espera contribuir para alterar o curso do desenvolvimento da região em direção a um modelo que conjugue a produção agrícola em bases mais sustentáveis à proteção de elementos-chave dos ecossistemas locais, em benefício do bem-estar humano da população da região e das áreas que se beneficiam dos serviços ambientais lá produzidos.


Esse modelo de sociedade saudável e sustentável depende de ações integradas de planejamento e governança territorial, incluindo investimentos em proteção e restauração de ecossistemas. Depende também da adoção de práticas inovadoras de produção, reduzindo a utilização de agroquímicos e integrando os pequenos produtores de alimento na paisagem da produção em larga escala.

Nosso objetivo


Contribuir para que a produção agrícola e o desenvolvimento urbano na Bacia do Paraguaçu ocorram sem que haja o comprometimento da capacidade de provimento de serviços ecossistêmicos essenciais para o bem-estar humano, como o fornecimento de água para a Região Metropolitana de Salvador.

Nossa estratégia

  • Promover ações integradas de planejamento e governança territorial, incluindo a adoção de modelos viáveis de proteção e restauração de ecossistemas nas propriedades rurais;
  • Contribuir para a adequação das propriedades rurais ao novo Código Florestal, em especial no que se refere ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) e às áreas de Reserva Legal;
  • Desenvolver técnicas e promover estratégias de restauração de fragmentos de modo a maximizar a conectividade biológica e a configuração de corredores ecológicos, considerando a cadeia da restauração como ferramenta para geração de renda;
  • Criar um mosaico de áreas protegidas na região do Alto Paraguaçu, para melhorar a governança sobre essas áreas e o grau de implementação das unidades;
  • Fomentar e apoiar a implementação de um programa de pagamento por serviços ambientais, como incentivo à conservação de mananciais.

Iniciativas no território


Outros territórios prioritários



Home