Encontro reuniu comunidades tradicionais e gestores para debater estratégias de implementação e gestão integrada em Áreas Protegidas


Um ambiente de articulação e divulgação dos trabalhos desenvolvidos em prol das Áreas Protegidas através de encontros e debates entre os diversos atores sociais que vivem e atuam na região. Esse foi o objetivo principal do 2º SAPEG – Seminário de Áreas Protegidas do Escudo das Guianas, que aconteceu nos dias 07, 08 e 09 de novembro, em Alter do Chão – Santarém (PA).

O evento, com o tema "Desenvolvimento e participação social a partir da gestão territorial do Bloco de Áreas Protegidas" contou com mais de 200 participantes dentre povos e comunidades tradicionais, órgãos gestores municipais, estaduais e federais, organizações não governamentais e representantes governamentais.

O Escudo das Guianas é uma região situada ao norte do continente sulamericano e se distribui entre Brasil, Guiana Francesa, Suriname, Guiana e parte da Venezuela. Em território brasileiro, o Escudo das Guianas abrange parte do estado do Amazonas, parte do estado do Pará e os estados de Roraima e Amapá. É uma região muito importante para a conservação da biodiversidade por conter espécies animais e vegetais únicas no mundo. Além disso, somente nos estados do Pará e Amapá há cerca de 33 milhões de hectares de florestas tropicais legalmente protegidas, formando um grande corredor rico em bodiversidade e diversidade cultural (indígenas, quilombolas, ribeirinhos e extrativistas).

A organização do encontro destacou como ponto central a mesa de debate sobre a participação efetiva dos povos tradicionais que vivem nas Unidades de Conservação, Terras Índigenas e Territórios Quilombolas, no processo de reconhecimento do Mosaico Calha Norte, proposta que já vem sendo debatida desde 2015 e visa a implementação de um planejamento integrado para a região.

A comunicação das Áreas Protegidas do Estado Amapá é mais um momento importante em pauta na programação que contará ainda com um painel de experiências dedicado a apresentação de diferentes vivências nos temas "Cadeias Produtivas" e "Ordenamento Territorial", além de uma feira para lançamento e divulgação de publicações, exposição de artesanatos e produtos agroextrativistas.

O SAPEG é uma realização do IEPÉ, ICMBio, Imazon, Conservação Internacional e Ideflor-Bio.

Informações para imprensa:
Priscila Steffen – CI Brasil
(21) 2173-6389 / 96987-3428