Conserva��o Internacional � agraciada com o Pr�mio Muriqui
Reconhecimento vem ap�s anos de trabalho para conserva��o da esp�cie
​A Conserva��o Internacional (CI-Brasil) recebeu no dia 27, durante o Semin�rio Mata Atl�ntica em S�o Paulo, o Pr�mio Muriqui 2013, pelo conjunto de sua obra nas a��es realizadas no bioma Mata Atl�ntica. A importante premia��o, promovida pelo Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atl�ntica (CN-RBMA), reconhece indiv�duos e entidades p�blicas e privadas, nacionais ou internacionais que tenham se destacado por suas atividades em benef�cio da Mata Atl�ntica.

Para Luiz Paulo Pinto, diretor s�nior de biomas da organiza��o, �hoje � um dia duplamente especial para os colaboradores da Conserva��o Internacional, fomos agraciados com o Pr�mio Muriqui e tamb�m comemoramos o dia da Mata Atl�ntica�. Para ele, receber essa premia��o � uma forma de reconhecer o trabalho que realizam h� mais de 20 anos no Brasil. �Em todo esse tempo, a CI-Brasil tem desenvolvido estudos e pesquisas cient�ficas relacionadas a s�cio biodiversidade para embasar modelos e alternativas de desenvolvimento sustent�vel que levam em conta a conserva��o e/ou o uso sustent�vel dos recursos naturais.

�Receber o Pr�mio Muriqui � uma honra e uma motiva��o extra para prosseguirmos com nossa miss�o. Sinal de que fizemos um bom trabalho at� aqui, o que aumenta a nossa responsabilidade para o futuro�, acrescenta Beto Mesquita, diretor do programa Mata Atl�ntica da CI-Brasil.

Em 1997, o presidente global da Conserva��o Internacional, Russell Mittermeier, foi agraciado com este pr�mio individualmente e receber o Pr�mio Muriqui este ano, confirma que a institui��o vem percorrendo o caminho certo ao longo de sua trajet�ria. A CI-Brasil acredita que essa premia��o � bastante importante e simb�lica, pois atualmente tem empreendido na campanha para fazer do muriqui a mascote dos Jogos Ol�mpicos.

Com o objetivo de incentivar a��es que contribuam para a conserva��o da biodiversidade, o fomento e divulga��o dos conhecimentos tradicional e cient�fico e a promo��o do desenvolvimento sustent�vel na �rea da Mata Atl�ntica, o CN-RBMA criou, em 1993, o Pr�mio Muriqui, hoje reconhecido como uma das mais importantes homenagens �s a��es ambientais no pa�s. Os premiados foram escolhidos por meio de voto dos membros do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atl�ntica em suas a��es anuais.

Al�m da Conserva��o Internacional, os demais contemplados na premia��o 2013 foram: Eduardo Guadagnin, idealizador da ERVATEIRA PUNTIGUENSE, empreendimento que demonstra que � poss�vel cultivar a erva-mate como fonte de renda associada � conserva��o da Mata Atl�ntica e a Prefeitura Municipal de Extrema � MG que realiza o Projeto Conservador das �guas e j� protegeu mais de 3.000 hectares de �reas importantes para a manuten��o da qualidade e quantidade dos recursos h�dricos na regi�o e plantou mais 250 mil mudas de esp�cies nativas de floresta atl�ntica. O Pr�mio � constitu�do de uma estatueta de bronze representando um Muriqui (Brachyteles arachnoides) e um diploma. O Muriqui � o animal s�mbolo da RBMA.

A cerim�nia do Pr�mio Muriqui 2013 foi realizada no dia 27de maio de 20013, �s 18:30 horas, no Audit�rio Professor Alberto Ruschi, na Secretaria do Meio Ambiente de S�o Paulo, durante o Semin�rio Mata Atl�ntica.

 
  • |
  • |
  • |