​​​

Congresso no Havaí facilita encontro de entidades que promovem a conservação ambiental de biomas no Brasil

Região de caatinga do Boqueirão da Onça, na Bahia, conta com o apoio da Cl-Brasil

 

A Caatinga é o único ecossistema brasileiro cujos os limites estão inteiramente restritos ao território nacional. Apesar disso, há poucas iniciativas concretas para promover sua preservação e isso se vê diretamente na dificuldade para a manutenção da qualidade de vida do sertanejo e economia dos Estados e Munícipios inseridos na área. Por conta disso, membros do Comitê Brasileiro da União Internacional para a Conservação da Natureza, em conjunto com outras instituições presentes no Congresso Mundial de Conservação da Natureza (IUCN), se uniram para apoiar a criação do Parque Nacional e da Área de Proteção Ambiental do Boqueirão da Onça no Estado da Bahia, contemplando também Campo Formoso, Juazeiro, Sento Sé, Sobradinho e Umburanas. A região possui uma das maiores formações de serra do Nordeste, últimas áreas contínuas de caatinga. Além dos benefícios ambientais e sociais, as Unidades de Conservação do Boqueirão da Onça poderão trazer oportunidades econômicas para a população do semiárido, uma das regiões mais pobres do Brasil.

Clica aqui e confira na íntegra o documento​.