CI-Brasil promove ´compartilhaço´ pela pesca sustentável

Pesca brasileira pode ganhar projeto revolucionário, beneficiando fauna marinha, consumidor e pescadores de Reservas Extrativistas.

Rio de Janeiro, 06 de maio de 2014 —

Com o projeto ´Pesca + Sustentável´, a Conservação Internacional (CI-Brasil) se classificou entre os 10 finalistas do Desafio de Impacto Social Google | Brasil e promove hoje, a partir das 10h30, um ´compartilhaço´ nas redes sociais. A instituição convida todos a votarem (bit.ly/Conservação Internacional) e a compartilharem post específico sobre o projeto (www.facebook.com/ConservacaoInternacional) que se propõe a dar transparência às cadeias de produção e comercialização do pescado e a tornar a pesca brasileira mais sustentável.

No Brasil, mais de 536 toneladas do pescado marinho, em grande maioria, são extraídas de forma não sustentável, comprometendo as espécies e o futuro das comunidades que dependem da pesca. Um dos objetivos do projeto, é, em duas décadas, tornar o Brasil referência mundial em conservação marinha. ´A proposta do ´Pesca + Sustentável´ é trabalhar para a recuperação das espécies e promoção das pescarias sustentáveis, trazendo benefícios diretos às comunidades e aos consumidores responsáveis ´, ressalta Guilherme Fraga Dutra, diretor do Programa Marinho da CI-Brasil e um dos idealizadores do projeto.

O sistema vai melhorar a qualidade dos ambientes marinhos e a vida dos pescadores das 22 Reservas Extrativistas (Resex) Costeiras e Marinhas do Brasil. ´A pesca artesanal nas unidades de conservação é uma das únicas saídas que temos hoje para conservar recursos pesqueiros no Brasil, as culturas e a economia daqueles que trabalham e dependem disso para viver´, garante Carlos Alberto Pinto dos Santos, o Carlinhos, Secretário Executivo da Comissão Nacional de Fortalecimento das Resex Costeiras e Marinhas (Confrem), parceira da CI-Brasil nessa iniciativa.

Os consumidores responsáveis de pescado poderão acessar o aplicativo para garantir que o peixe comprado é certificado. Em dois anos, estará disponível para 60 mil famílias de pescadores tradicionais e poderá ser acessado por qualquer brasileiro interessado no consumo consciente de pescados por meio de seus smartphones.

Para assistir ao vídeo e votar, acesse:

www.bit.ly/ConservacaoInternacional

Desafio

O Google tem o compromisso de apoiar as ONGs no Brasil que estão trabalhando para solucionar problemas sociais e gerar impacto por meio da tecnologia. Por isso, lançou o Desafio de Impacto Social Google | Brasil. É uma competição que irá premiar projetos e iniciativas das ONGs que usam a tecnologia para solucionar problemas na esfera social e ambiental.

Serão quatro vencedores. Cada um receberá um Prêmio de Impacto Social Global no valor de 1 milhão de reais e o apoio técnico do Google, para tirar seus projetos do papel e tornar seus sonhos realidade. A votação pública pela Internet se encerra amanhã, 7 de maio.

Na quinta-feira, 8 de maio, os finalistas apresentarão suas ideias para os juízes durante um evento em São Paulo. O júri irá selecionar três projetos vencedores, e a iniciativa da ONG com maior voto popular também será premiada.

Os finalistas e seus projetos serão selecionados baseados em quatro critérios: impacto na comunidade, inovação, viabilidade e escalabilidade, pelo júri formado por Luciano Huck, MV Bill, Viviane Senna, Josué Gomes da Silva e Jacqueline Fuller.