​​​​​​


Diálogo da Palma: evento debate a produção sustentável de Óleo de Palma em Belém

 Representantes de diversos setores da cadeia produtiva reuniram-se em encontro para elaborar um modelo colaborativo de troca de experiências


O Brasil tem um grande potencial para se tornar um modelo sustentável de extração do óleo de palma no mundo. Com o objetivo de ampliar esse conhecimento, a CI-Brasil se uniu à ABRAPALMA – Associação Brasileira de Produtore​​s de Óleo de Palma –   para realizar a primeira oficina de criação do Diálogo da Palma, evento que aconteceu no dia 25 de outubro, na sede da Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, e debateu os desafios e oportunidades na cadeia produtiva da palma sustentável.

O Diálogo da Palma é uma discussão participativa que visa promover a produção sustentável a partir da geração e integração de informações científicas e socioeconômicas, em parceria com universidades e centros de pesquisas, empresas, organizações não-governamentais e associações locais de produtores. Cerca de 30 pessoas participaram do encontro, entre eles entidades de pesquisa, agricultores familiares, representantes do terceiro setor, atores governamentais e setor privado. O evento teve como objetivo promover o entendimento e a colaboração entre todos os integrantes da cadeia produtiva da palma do estado do Pará e formalizar a criação da plataforma. Foram registradas propostas sobre os princípios, os temas e a governança do diálogo.

De acordo com Rodrigo Medeiros, vice-presidente da CI-Brasil, "nossa atuação será a de apoiar a articulação dos representantes da cadeia da Palma, facilitando a construção de um ambiente favorável para o diálogo e com resultados efetivos para que a atividade da Palma seja realizada no Brasil gerando benefícios econômicos com proteção da natureza e inclusão social​", disse. Já a ABRAPALMA apoiará a articulação junto ao setor empresarial, facilitando o desenvolvimento de planos de ação para um modelo de produção sustentável de palma. Unindo essas forças, a intenção é que o Diálogo da Palma proporcione aos atores envolvidos a oportunidade de atuação em conjunto em prol da produção sustentável, com inclusão socioeconômica dos agricultores familiares e conservação da biodiversidade, através de ações efetivas e gerando benefícios para o território e a sociedade em geral.

A sustentabilidade na Cadeia da Palma de Óleo faz parte da estratégia de atuação da Conservação Internacional para a Amazônia e no CEB – Centro de Endemismo Belém, região nordeste do estado do Pará, uma das regiões de maior biodiversidade, quase 90% da produção nacional de óleo de palma está concentrada, o óleo vegetal mais consumido no mundo. Desde 2007 a CI-Brasil vem atuando no CEB e essa atividade colabora também para o desenvolvimento agrícola da região. Com os dados recolhidos será possível formar a base para a produção sustentável, que combina a produção de palma e as aspirações socioeconômicas das comunidades locais, criando condições para a conservação da biodiversidade, aumentando o bem-estar das pessoas.