Intro Photo Large

Remove this module

Section Info

EditPhoto Title:Iniciativas na Costa Equatorial
EditPhoto Description:
EditImage Url:/global/brasil/iniciativas-atuais/PublishingImages/Pages/costa-equatorial/Municipio%20Cal%C3%A7oene_GFD_jun14_019.JPG
EditImage Description:
EditPhoto Credit:© Guilherme Fraga Dutra
EditPhoto RenditionID Small:5[Optional]
EditPhoto RenditionID Webkit:6[Optional]
EditPhoto RenditionID Medium:7[Optional]
EditPhoto RenditionID Portrait:8[Optional]
EditPhoto RenditionID Large:9[Optional]

Pesca sustentável e geração de valor para a cadeia produtiva

 

O primeiro passo da atuação da CI-Brasil na região, foi dado na porção costeira e marinha do Amapá, por meio de um diagnóstico das atividades pesqueiras e aquícolas do Estado. Este levantamento caracterizou o setor pesqueiro e aquícola do Amapá, gerando subsídios para a implantação de políticas públicas capazes de promover o desenvolvimento sustentável da pesca e aquicultura no Estado.

Resultados Esperados:

  • Caracterização das atividades pesqueiras e aquícolas no Estado do Amapá;
  • Subsídios para tornar a pesca na porção costeira do território, uma atividade mais sustentável, trazendo benefícios para os ecossistemas e as pessoas que vivem na região;
  • Informações para desenvolver arranjos nas cadeias de comercialização que agreguem valor ao pescado produzido de forma mais sustentável, trazendo benefícios para os pescadores da região.

 

Parcerias: Agência de Pesca do Amapá (PESCAP), Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Mineração do Amapá, Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Amapá, GSA Consultoria, Banco KFW, Professionnels du Développement Solidaire (GRET), e Fonds Français pour L'Environnement Mondial (FFEM).

 

Pesca+Sustentável

 

“A  maioria  dos  peixes  que  comemos,  a  maioria  dos  peixes  que  conhecemos, pode desaparecer nos próximos 50 anos” diz Mark Kurlansky, renomado autor, em seu livro A World Without  Fish,  de  2011.  O  Brasil  possui  aproximadamente  11.500  km  de  costa,  onde  vivem cerca de meio milhão de pessoas que dependem diretamente da pesca marinha artesanal. O Programa Pesca + Sustentável,  idealizado  pela  CI-­Brasil e  ganhador  do  prêmio  Desafio  de Impacto  Social  Google  2014,  visa  abordar  essa  problemática  ambiental,  social  e  econômica gerada  pela  exploração  acima  da  capacidade  de  recuperação  dos  estoques de pescados,  de  forma inovadora, inlcusiva e criativa.

Existem no Brasil 25 Reservas Extrativistas (RESEX) Marinhas e Costeiras federais, das quais mais  de  65  mil  famílias dependem para sobreviver.  Foram  selecionadas,  para  a  primeira  fase  do programa, cinco RESEX: São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá no Pará, Cassurubá e Canavieiras  na  Bahia,  e  Pirajubaé  no  estado  de  Santa  Catarina.  A  seleção  representa territórios cujas comunidades pesqueiras tradicionais tem se organizado para mudar o cenário da pesca artesanal.

O caminho proposto para iniciar uma mudança nesta realidade, em forma de rede, é o desenvolvimento de um produto diferenciado o “pescado sustentável” – que, ao incorporar práticas visando à sustentabilidade  das  pescarias,  agregará  valor  ao  pescado,  ampliará  os  ganhos  diretos  do pescador tradicional e valorizará sua figura e, ao mesmo tempo, estimulará seu compromisso com práticas de pesca mais sustentáveis. Consideramos que a chave para o sucesso no objetivo de conquistarmos uma pescaria verdadeiramente sustentável é a melhoria contínua, por meio de parcerias desenvolvidas  junto  com  as  comunidades,  a  conscientização  do consumidor  para  um  novo  paradigma  de  demanda  sustentável  e  a  comunicação  efetiva  por meio de um portal interativo de transparência do pescado (portal web em construção).

Resultados Esperados:

  • Sistema de rastreamento de pescado aliado a um programa de melhoria de pescarias nas RESEX Marinhas e Costeiras desenvolvido;
  • Mecanismo para incentivar melhores práticas nas pescarias de pequena escala mais sustentáveis criado;
  • Biodiversidade  e  os  estoques  pesqueiros  nas  Unidades de Conservação de  Uso Sustentável monitorados;
  • Estímulo ao consumo consciente de produtos provenientes da pesca sustentável promovido;
  • Troca  de  experiências  de  redes  de  articulação  das comunidades tradicionais extrativistas fortalecida.

Parcerias: Google, Comissão Nacional para o Fortalecimento das Reservas Extrativistas Costeiras e Marinhas (CONFREM), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ecotrust Canada e Rare.

 

Iniciativas em outros territórios



Home