Intro Photo Large

Remove this module

Section Info

EditPhoto Title:Centro de Endemismo Belém
EditPhoto Description:
EditImage Url:/global/brasil/iniciativas-atuais/PublishingImages/Pages/ceb/ci_62362986_Medium.jpg
EditImage Description:
EditPhoto Credit:© Ashton Jones
EditPhoto RenditionID Small:5[Optional]
EditPhoto RenditionID Webkit:6[Optional]
EditPhoto RenditionID Medium:7[Optional]
EditPhoto RenditionID Portrait:8[Optional]
EditPhoto RenditionID Large:9[Optional]


Uma biodiversidade singular


O Centro de Endemismo Belém (CEB) é uma das regiões mais ricas da Amazônia, mas também uma das mais ameaçadas: cerca de 70% das suas florestas já foram desmatadas para dar lugar a cidades e a uma agropecuária de baixa produtividade. Essas atividades econômicas não foram capazes de levar desenvolvimento humano para a região e ainda colocaram em risco diversas espécies que não ocorrem em nenhum outro lugar do planeta. Os 128 municípios que compõem essa região são caracterizados por baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e altos Índices de Desigualdade (Gini). Ou seja, os desafios são imensos no que diz respeito à necessidade do desenvolvimento de atividades produtivas que aliem a proteção e a recuperação do capital natural.

Oportunidade para a transformação

Nos últimos 10 anos, a palma de dendê - a oleaginosa mais consumida no mundo - ganhou novos incentivos para a produção na região do CEB. Hoje, quase 90% da produção nacional deste óleo é proveniente dessa região, impulsionada pela demanda por matéria prima para a produção de biodiesel, principalmente. No Brasil, o cultivo da palma de dendê oferece uma oportunidade para estabelecer um modelo sustentável para o setor, aliando produção agricola, conservação do capital natural, geração de renda e inclusão social. A CI-Brasil acredita que é possível estabelecer um modelo de produção sustentável sem a derrubada de nenhuma nova árvore nativa da região.

Desde 2007 a CI-Brasil atua no CEB em parceria com os governos estadual e federal, universidades e centros de pesquisas, empresas, organizações não-governamentais e associações locais para apoiar a implementação de um modelo sustentável de desenvolvimento. Transformando informação científica em ações concretas, a CI-Brasil espera contribuir para um projeto de transição sustentável na região.

Nosso objetivo

Contribuir para um modelo de desenvolvimento agrícola na região que garanta a proteção e recuperação da floresta amazônica e aumente o bem-estar de comunidades locais na região do Centro de Endemismo Belém.

Nossa estratégia

  • Desenvolver uma plataforma colaborativa pública online com os dados dos estudos que estão sendo realizados na região sobre a palma. Com as informações, o governo, as empresas e o terceiro setor poderão planejar com mais precisão as áreas estratégicas para o desenvolvimento de novas ações e iniciativas na região;
  • Monitorar a biodiversidade, garantindo a manutenção e recuperação de áreas estratégicas;
  • Apoiar as comunidades rurais locais no processo de transição produtiva, fortalecendo sua relação com a terra e garantindo o bem-estar;
  • Contribuir para a adequação das propriedades rurais ao novo Código Florestal, em especial no que se refere ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) e às áreas de Reserva Legal;
  • Fortalecer a governança local e participação social apoiando as atividades das associações locais de produtores rurais e de comunidades tradicionais;
  • Desenvolver um plano de proteção e restauração forestal, com ênfase nas Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Reservas Legais, maximizando a conectividade biológica e a configuração de corredores ecológicos;
  • Monitorar e reforçar as políticas públicas na região de controle do desmatamento, conservação da biodiversidade e desenvolvimento agrícola, social e econômico;
  • Colaborar com o setor privado para consolidação de um modelo de negócio sustentável tendo como base os princípios estabelecidos pela RSPO (Roundtable on Sustainable Palm Oil)
  • Difundir o CEB como modelo para o desenvolvimento da palma de dendê em outras regiões do Brasil e em outros países da América Latina e África.

Iniciativas no território

 

Outros territórios prioritários



Home